ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Pergunta | Resposta]

O (des)conhecimento de Portugal na Dinamarca

[Pergunta] Num pequeno livro que escrevi, descrevendo paralelismos entre a história de Portugal e a da Dinamarca desde o século XII, tentei mostrar que, estranhamente, Portugal era mais conhecido naqueles tempos do que agora, tratando dos dois Estados-Nação mais antigos da Europa.

Entrando finalmente no assunto que me levou a escrever estas linhas, e que tem mais a ver com a nossa língua: há dois dias não pude deixar de me constranger ao ouvir no noticiário de um dos canais de TV daqui, referir-se ao ensino do brasileiro na Universidade de Copenhaga. Por motivos de cortes nas despesas, o ensino de várias línguas, como o árabe, o chinês o brasileiro e outras, deveram ser restringidas. Tanto a pessoa entrevistada (leitor da universidade) como a entrevistadora, referiram várias vezes o “brasileiro”. Não me contive e enviei de imediato um e-mail à estação da TV e ao entrevistado. Como era de esperar (aqui na Dinamarca responde-se sempre a qualquer carta ou e-mail) recebi resposta. Da parte do leitor, justificando-se que ele quis referir-se a “estudos brasileiros” quando disse o "ensino do brasileiro"; de parte da TV, pediram desculpa pelo equívoco.

Vezes sem conta tenho também refilado sobre a presentação dos boletins metereológicos, quando há mau ou bom tempo em Espanha em vez de, pelo menos, dizer na Península Ibérica.

De quem é a culpa deste estado lastimoso sobre o conhecimento de Portugal? Felizmente ainda temos o Ronaldo que nos ajuda. Nas páginas da Internet, quando há opções para a escolha da língua, o que vemos como símbolo da língua portuguesa? Claro, a bandeira do Brasil. Nem tão pouco a União Europeia, para onde também escrevi, se dá conta disto, quando subsidia o sistema de tradução livre “Babylon”.

As embaixadas e os consulados portugueses parece que só se ocupam de recepções, quando deviam estar vigilantes quanto ao que se passa nos países onde representam Portugal, controlando o que se ensina sobre Portugal nas escolas, etc.

Melhores cumprimentos, de um que não adere ao AO.

Fernando Kvistgaard :: :: Dinamarca

[Resposta] Sobre a denominação do português do Brasil, aconselhamos a leitura dos seguintes apontamentos: Sobre a designação das variedades do português + «Tu falas brasileiro»+ Ainda o «falar brasileiro» + Português falado pelos brasileiros em Portugal
 

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 30/11/1999

[Últimas Respostas]
«Vai de embute»
«Até a»
A classificação da conjunção correlativa «nem... nem...»
Topónimos romanos em português
Prototipagem
Potencial e potencialidades
Nocaute e nocautear
A sintaxe de nascer
O j em vez do z
"Fabulástico"

Mostra todas

Ciber Escola Ciber Cursos