ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Barbaridades avulsas

São várias as barbaridades* assinaladas na presente Abertura do Ciberdúvidas, ainda com as suas atualizações diárias interrompidas até ao dia 1 de setembro.

 


• Descrição
, em vez de discrição (Um erro à discrição), e desfolhando, em vez de folheando (“Confusion de confusiones” ... desfolhadíssima), no Pelourinho.

• Precaridade”, em vez de precariedade (Sobre o (bom) uso das aspas), e  “estrovar”, em vez de estorvar («Vocês só "estrovam" o negócio»), em O Nosso Idioma.

* Barbaridade = barbarismo, tal como é registado no dicionário Houaiss.


Não propriamente uma «barbaridade» – aqui no sentido de «disparate» –, mas antes  um «desastre» é como o professor e linguista brasileiro Carlos Alberto Faraco qualifica as propostas para uma mais radical simplificação das atuais regras ortográficas do português. O artigo Devemos alterar o Acordo Ortográfico de 1990? ficou disponível aqui.


Arcaísmos na crónica de D. João I, de Fernão Lopes e o português utilizado no teatro de Gil Vicente são os temas do programa Páginas de Português**, na Antena 2, domingo, 24/08. Na véspera e antevéspera passa o programa Língua de Todos** , na RDP África, à volta do Português Língua Não Materna no Sistema de Ensino, em Portugal.

** Língua de Todos (sexta-feira, 8/08, às 13h15, na RDP África; com repetição ao sábado, depois do noticiário das 9h00); Páginas de Português (domingo, 10/08, às 17h00, na Antena 2). Hora oficial de Portugal continental, ficando ambos os programas disponíveis também via Internet, nos respetivos endereços na página oficial da Rádio e Televisão de Portugal.


 

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 22/08/2014


Aberturas anteriores

Creative Commons License Os conteúdos disponibilizados neste sítio estão licenciados pela Creative Commons
[Destaques]
Sobre o (bom) uso das aspas
"Confusion de confusiones"... desfolhadíssima
Um erro à discrição
«Vocês só "estrovam" o negócio»
Devemos alterar o Acordo Ortográfico de 1990?
«Se Ele existe, porque "adoencemos"?»
Errar também será ´humanitário’?
Mambos da língua – o tu-cá-tu-lá
do português de Angola
Ciberdúvidas de férias
até 1 de setembro

Mostra todas as respostas

Ajuda

RSS

Facebook

Aplicação

Ciber Escola Ciber Cursos